quinta-feira, 12 de abril de 2018

Nomes à margem tem o foco na causa negra e LGBT




O projeto Escola de Poesia & Wole Soyinka – Para que as palavras tenham mais força que as metralhadoras foi inaugurado na Feira do Livro de Porto Alegre em novembro de 2017, com o lançamento do livro Nomes à margem, do autor Túlio Henrique Pereira. A obra tem o foco na causa negra e LGBT, de modo a também propor uma reflexão sobre a censura que vem atingindo a área cultural no país.
No prefácio do livro, o poeta Ronald Augusto afirma: “Grosso modo, a épica pode ser definida como a poesia que contém história, contudo, a poesia de Túlio se interessa radicalmente pelo sinal de menos dos cenários épicos, se afeiçoa por aquilo que resta às margens da experiência em sociedade. É como se Túlio fosse um Homero cuja empatia estivesse menos relacionada a Odisseu do que aos seus remeiros.”




Lucia Bins Ely, Eliane Marques, Túlio Henrique Pereira


Túlio Henrique e Eliane Marques


Túlio e Ronald Augusto


Túlio e Rafael


Anelore Schumann e Túlio


Túlio e Juliana Meira


Alexandre Brito e Túlio












Túlio e Sú Carvalho Vasconcelos

Livro: Nomes à margem
Autor: Túlio Henrique Pereira
Coordenadora editoral: Eliane Marques
Capa: A.fe
Origem: Nacional
Editora: APRES COUP - POA/Escola de Poesia
Edição: 1
Ano: 2017
Assunto: Literatura Nacional - Poesia
Idioma: PORTUGUÊS
País de Produção: BRASIL
Código de Barras: 9788564818088
ISBN: 8564818086
Encadernação: BROCHURA
Altura: 22,90 cm
Largura: 17,30 cm
Comprimento: 1,20 cm
Peso: 0,07 kg
Nº de Páginas: 140
Créditos do vídeo: Superintendência de Comunicação Social/Universidade Federal do Piauí.

Nenhum comentário: