domingo, 1 de março de 2015

Refluxo

Tulipa, Gouache


Por que a gente não sabe quando termina o hoje e começa o amanhã E a gente não sabe que o dia é noite e já acabou a gente só termina depois de começar e o fim pode ser o intermeio de tanta coisa que a gente não sabe que existe mas faz questão de se perguntar Hoje eu comprei dois apontadores Queria ter comprado lápis e uma borracha preta talvez eu conseguisse entender porque gostaria de tê-los trazido comigo Assim de um jeito que pudesse fazer de forma coerente todo o sentido que eu quisesse dar àquela borracha e aos seus lápis amigos Não se sabe o que se sabe porque alguém ensina Alguém nunca soube que sabia mas o fez E foi fazendo que descobriu que soube Acho que é assim que as coisas são Tanto desse modo deve ser a nossa vida Porque a gente não sabe quando termina o hoje e começa o amanhã Mas hoje eu comprei dois apontadores (;)

Nenhum comentário: